ARTISTAS COLABORADORES
PRISCILA JARDIM PROFESSORA


Priscila Lourenzo Jardim é formada em Teatro - Licenciatura pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).  Iniciou a sua formação em teatro no ano de 2010 ao participar de diversas oficinas teatrais e atuou em peças como: Maldita Herança (2018), Jacques ou toda a tradição está comigo (2015-2016), Medida Provisória (2014), O Homem do princípio ao fim (2012). Além disso, ministra aulas de teatro para surdos desde 2016. Participou do Salão de Extensão da UFRGS e ganhou o prêmio de destaque e jovem pesquisadora. Em 2017, participou do III Congresso de Extensão Universitária da Associação de Universidades do Grupo Montevidéu, realizado na Argentina.

 

 

 
GUILHERME SANCHES COMPOSITOR

Músico, pesquisador e educador. Os trabalhos com música iniciam no ano de 1997, desde então atua em diversas bandas, grupos e projetos musicais da cidade, sempre ligado à área do ritmo e percussão. Desenvolve pesquisa na área de construção de instrumentos sejam eles de corda, sopro ou percussão; as fontes sonoras, o fenômeno físico do som, timbres de materiais e acústica são alguns dos temas que desenvolve nesta pesquisa. Participou ativamente da fundação do Grupo Neelic. É compositor da trilha dos espetáculos 'Hallucination: vida e obra de Virginia Woolf' e 'Primeiro Amor', do Grupo Neelic.

 

 

 

 
CAROL ZIMMER ILUMINADORA


Iluminadora e operadora de luz. Licenciada em Artes Cênicas - UFRGS, especialista em Cinema - UNISINOS, pósgraduanda em Iluminação e Design de Interiores pelo Instituto de Pós-Graduação. Iluminadora de Show, Teatro e Dança. Trabalhou com os iluminadores João Acir e Margarete Ferreira. Assina a ambientação cênica de shows e direção técnica de espetáculos. Trabalha com Nei Lisboa, Marisa Rotenberg e Apanhador Só. Peças que se destacam: O Linguiceiro da Rua do Arvoredo, Wonderland e o que M. Jackson encontrou por lá, Stand-Up Drama, Filhote de Cruz-Credo, IntenCidade 1° Voar. Trabalha na Bacteria Filmes como produtora e Direção de Fotografia. Foi responsável pela produção de Set no programa Galera de Atitude - TVE/RS. 

 

 

 

 
GIANA DA ROCHA CENÓGRAFA

Graduanda em Arquitetura e Urbanismo / UFRGS, trabalhou de 2010 a 2012 como bolsista de extensão no Escritório Modelo Albano Volkmer, pertencente à referida universidade. Neste período, colaborou para concepção de projetos arquitetônicos e urbanísticos junto à comunidades em situação de vulnerabilidade, adquirindo experiência na prática de projeto participativo e resolução de conflitos. De 2012 à 2014, trabalhou no escritório Illa Arquitetura, sob a tutoria das arquitetas Cláudia Titton, Mariana Hugo e Tais Lagranha. No período de 2014 a 2015, trabalhou no escritório SendaViva. Em 2015 trabalhou, juntamente com Ana Girardello e Livia Koeche na elaboração e execução do cenário para Fim de Partida, de Samuel Beckett, sob a direção de Leonardo Jorgelewicz. Com as mesmas artistas, elaborou a concepção e executou o cenário para No Fim do Dia, e, com as mesmas e Carlos de los Santos, o cenário de O Homem no Corredor, em 2016 - ambas, encenações do Grupo Neelic.

CARLOS DE LOS SANTOS ARTISTA VISUAL / CENÓGRAFO

Artista visual. Dedica-se à fotografia desde 1984. Em 1996 inicia sua pesquisa em fotografia digital. Atualmente desenvolve projetos de videoarte. 2015: Exposição Individual "Tempus Fugit, a cidade fantástica", no Café do Margs; Ambientação cênica do espetáculo teatral "Primeiro Amor"; Realização do vídeo institucional do lançamento do "Paulo Poecella Instituto". 2014: Evento Estação das Águas, da Ass. Amigos do Museu das Águas de Porto Alegre (AMUSA). 2012: Participação com seis obras da série "Riscos de Luz" na Coletiva "Díspares", no Novotel Três Figueiras, Porto Alegre. 2011: Criação e confecção de chapéus para a montagem de "Alma Boa", texto de Bertolt Brecht.

RÔ CORTINHAS FIGURINISTA

É Mestra em Artes Cênicas/UFRGS. Graduada em Jornalismo/PUC-RS. Especializada em Teoria do Teatro Contemporâneo/UFRGS. Faz criação de figurinos para destacados espetáculos e diretores. Entre eles: Incidente em Antares e O Sobrado (Grupo Cerco), Édipo (2008), de Luciano Alabarse, O Médico à Força (2008), de Margarida Peixoto, Medeia (2007), de Luciano Alabarse, Os Bacharéis (2005), de Elcio  Rossini, Trajikós (2001), de Marco Fronchetti, Romeu e Julieta (1994), de Zé Adão Barbosa e Bailei na Curva (1994), Julio Conte. Faz criação de figurinos também para filmes. Entre eles: Saneamento Básico (2006), de Jorge Furtado, Sal de Prata (2004), de Carlos Gerbase e Houve uma vez dois verões (2001), de Jorge Furtado.

 

 

 

 
LUIZ ANDRÉ DA SILVA MAESTRO / COMPOSITOR

É regente, compositor, arranjador e instrumentista, diretor musical de diversos espetáculos de música e teatro, diretor fundador da Escola de Música EArte. Entre os espetáculos: Hamlet Sincrético - Troféu Açorianos 2006 de Melhor Trilha Sonora; Clitemnestra, Grupo Neelic, 2007; Antígona BR, Caixa Preta, 2008; As Alegres Latinas de POA, Grupo Neelic, 2014; O Homem no Corredor, Grupo Neelic, 2016. Regente e fundador de diversos corais, entre eles: Coral Rio dos Sinos, 1993, São Leopoldo/RS; Coral da PROCERGS, 1996; Coral Municipal de Canela/RS, 1996; Coral do CECUNE, POA, 1996-2002; Grupo vocal e instrumental De Vez em Canto, 2003, até hoje.

 

 

 
HELOISA BERTOLI COREÓGRAFA

Coreógrafa de Dança Contemporânea e Sapateado Americano, além de Assistente no Rio Grande do Sul do Método Marchina de sapateado americano. Diretora artística e coreógrafa dos Grupos "SETE, OITO, FOI..." e "SEELE TANZ". Produtora do "TAP SUL – Encontro de Sapateado Americano no Sul do País" e do "Projeto DANÇARS - A Dança no Rio Grande do Sul". Coordenadora da sala 504 do "Projeto Usina das Artes" na Usina do Gasômetro (de 2006 a 2008) e do "Projeto SAPATEANDO EM PORTO ALEGRE". 

Recebeu o Prêmio Açorianos de "Melhor Coreografia" e Troféu RBS Cultura de "Melhor Espetáculo" (2005). Indicada "Coreógrafa Revelação" no Festival de Dança de Joinville (2006). E Special Award de Melhor Trabalho Coreográfico em Barcelona, na Espanha (2008). Revisora de Movimento dos espetáculos "Primeiro Amor" e "O Homem no Corredor", do Grupo Neelic. 

 

 

 

 
LÍVIA KOECHE CENÓGRAFA

Graduanda em Arquitetura e Urbanismo / UFRGS e animadora 2D tradicional tutorada por Otto Guerra, tem experiência na produção do longa-metragem Até que a Sbórnia nos Separe (2013) e do curta-metragem Castillo Y el Armado (2014) como animadora e arte-finalista para a produtora Otto Desenhos Animados, onde trabalhou de 2009 a 2014. Concebeu e produziu, em parceria com Luiza Hecker, a Cópula da Casa de Cultura (2014, na cúpula leste da CCMQ), onde houve exposição de video de animação autoral projetado com video-mapping sob a abóbada. Em 2015, com Ana Girardello e Giana da Rocha, elaborou a concepção e executou o cenário para Fim de Partida (Samuel Beckett), sob a direção de Leonardo Jorgelewicz, no Teatro de Arena de POA. Com as mesmas artistas, elaborou a concepção e executou o cenário para No Fim do Dia, e, com as mesmas e Carlos de los Santos, o cenário de O Homem no Corredor, em 2016 - ambas, encenações do Grupo Neelic.

 
ANA GIRARDELLO CENÓGRAFA

Graduada em Realização Audiovisual pela Unisinos em 2014, especializando-se em animação stop motion e direção de arte. Trabalhou como cenógrafa e figurinista freelancer para teatro, cinema e publicidade. Em 2012 participou do Núcleo de Pesquisa em direção de arte da Ecarta, produzindo artigos e pesquisas práticas no tema. Em 2013 dirigiu "Liga de Aço", ganhador de Prêmio Universitário em 2014. Participou da construção e pesquisa dos cenários da série “Ocidentes” da TVE, em 2013. Em 2014 produziu junto com Lívia Koeche projeções em mapping para a prefeitura de Santo Ângelo, projetadas nas ruínas das missões. Com a mesma artista, em 2015, realizou projeções para a peça Sarah. Com Lívia e Giana Flores da Rocha, concebeu o cenário de Fim de Partida, de Samuel Beckett, em 2015. Com as mesmas artistas, elaborou a concepção e executou o cenário para No Fim do Dia, e, com as mesmas e Carlos de los Santos, o cenário de O Homem no Corredor, em 2016 - ambas, encenações do Grupo Neelic.


© 2016 por GRUPO NEELIC

Núcleo de Experimentação e Expansão da Linguagem Cênica - Fone/whats: 51-99274-9933 - teatrodoneelic@gmail.com